O kefir é um tipo de alimento que contém bactérias e faz bem à saúde

Parece meio absurdo, mas quando a gente come iogurte, coalhada, queijo, está consumindo bactérias chamadas de lactobacilos. As bactérias são microorganismos que estão presentes na natureza, no ar, no nosso organismo.
As nocivas provocam doenças, como a tuberculose e a meningite, e as outras são capazes de equilibrar a flora intestinal.
É aí que entram os fermentados. Eles fazem parte do nosso dia-a-dia e nem sempre nos damos conta disso.
O leite fermentado contém grande quantidade de lactobacilos vivos. São desenvolvidos em laboratórios e vendidos para fábricas de alimentos como matéria-prima.O kefir só é distribuído pelas pessoas que o cultivam e serve, entre outras coisas, para enriquecer o leite. Nele, a substância dobra de tamanho e de quantidade em 24h, se o tratamento for adequado.
É preciso esterilizar bem os vidros para evitar contaminação, usar leite de caixinha e ficar atento à temperatura, que deve ser de aproximadamente 20°C.

Os benefícios do leite fermentado com o kefir variam com o tempo de fermentação:
- no leite por 12h: ação laxante,
- por 36h: regula o intestino, 
- mais de 48h: combate a diarréia.

Como o leite fica com um gosto meio azedinho, dá pra incrementar com mel, açúcar, frutas, gelatina incolor, o que a pessoa preferir.
O professor Orlando Zancanaro Jr., especialista em tecnologia de alimentos fermentados, ensinou uma receita super fácil:

Pegue um copo de leite e adicione 1 colher de açúcar. Misture um pedaço de pão para induzir a fermentação e reserve a uma temperatura de 20°C.
Deixe assim por uma semana, tampado. Após esse período, coe o leite. Se houver grânulos, troque o leite, colocando um leite novo (se for de caixinha, não é necessário ferver. Se for o leite tirado da vaca, ferva antes de iniciar o processo).
Se o leite ainda estiver líquido, deixe por mais um período, sempre controlando a mistura. Mas, se você ganhar o kefir de alguém, coloque-os em um vidro com duas colheres de açúcar, em temperatura ambiente, e reserve.
Depois de coar o kefir, você pode:
- tomar o leite fermentado puro, 
- misturar com frutas e fazer vitaminas ou iogurtes, 
- fazer patê e queijo, - passar o soro do leite na pele, 
- fazer pão com os grânulos do kefir (fermente-os com farinha durante 2 dias e faça a massa no terceiro dia).

Mais informações, pelo site www.fcf.usp.br

Voltar ...

  enviar a um amigo imprimir