Notícias e Frases
Pomada elimina cirurgia de fimose

Testes em 100 pacientes com fimose, entre 1 e 30 anos de idade, comprovaram a eficácia do novo medicamento em 90% dos casos. Uma pomada que dispensa a cirurgia de fimose já está nas farmácias. Sua fórmula reúne antiinflamatório hormonal e a enzima hialuronidase. Na maioria dos casos, dois tubos de 10g são suficientes para o tratamento. O produto foi testado entre abril e setembro de 2000 em 100 pacientes. Trinta e nove tinham entre 1 e 5 anos, e 61 entre 6 e 30 anos, todos sem nenhum tratamento anterior. Eles foram tratados com a pomada à base de betametasona a 0,2%, acrescida de hialuronidase 150 UTR, uma a duas vezes ao dia, até a regressão do problema. O período de tratamento, no entanto, não deveria ultrapassar que 12 semanas. A pomada foi aplicada na pele endurecida após pequena retração do prepúcio (pele que recobre a glande). O tratamento foi considerado efetivo nos casos em que houve resolução completa em até 12 semanas. 90% dos casos apresentaram cura. Entre eles, 32% tiveram retração do prepúcio sem dor ou sangramento e 58% resolução total do quadro. Apenas 5% apresentaram irritação local. Porém, tiveram regressão completa após a suspensão do tratamento. Após alguns dias sem aplicar a pomada, esses pacientes voltaram a utilizá-la com resultados satisfatórios. O tempo médio de uso da medicação foi de 38 dias no grupo entre 1 e 5 anos e de 42 dias no grupo entre 6 e 30 anos. A análise não evidenciou diferenças entre a resposta clínica e o tempo de uso da pomada entre os dois grupos. A cirurgia, que sempre foi o padrão, passará a ser exceção para pessoas que apresentem reação ao novo tratamento.

Fonte: O Dia- RJ 12/12/2003

Voltar ...

  enviar a um amigo imprimir